Alta no setor de Serviços em fevereiro não reverte perdas acumuladas

O volume de serviços de Santa Catarina aumentou 3,9% em fevereiro frente ao mês anterior- esta é décima taxa positiva seguida. Desde abril de 2020, quando as atividades tiveram queda de 14,4%, a média de crescimento mensal (Mai/20 até Fev/21) foi de 3,27%, entretanto, esses movimentos positivos ainda são insuficientes para cobrir as perdas acumuladas dos últimos 12 meses, que totalizam 2,9% para o setor.

Entre os setores, três das cinco atividades mostraram resultados negativos, com destaque para a diminuição de 29,10% nos serviços prestados às famílias, seguidos pelos serviços de informação e comunicação; e transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, com perdas de 3,00% e 3,20%, respectivamente.

Esse resultado adverso nos serviços prestados às famílias pode estar ligado à redução das medidas de incentivo a economia e às incertezas decorrentes do avanço da pandemia e seus reflexos na renda e no emprego. Além disso, deve ser fruto da substituição que as famílias fizeram durante o período mais intenso da crise e da necessidade de ampliação de isolamento social, à exemplo da troca da alimentação fora do domicilio pela comida em casa, beneficiando o comércio, mas prejudicando os serviços.

Fonte/créditos: www.fecomercio-sc.com.br

?